Cultura da inovação: entenda o que é, seus benefícios e como criar

A cultura da inovação é a criação de um solo fértil para ideias inovadoras dentro de uma organização.

A cultura da inovação é um conceito novo, mas muito importante para as empresas que querem entrar na era digital e inovar nos seus processos, tornando-os mais efetivos e sustentáveis.

Vivemos em tempos favoráveis para a inovação. As mudanças tecnológicas e a disrupção da indústria estão acontecendo de forma cada vez mais rápida e as redes de informação estão ligando pessoas e empresas de todo o mundo como nunca foi feito antes.

E com essas mudanças, as empresas precisam se adaptar para se manter relevantes no mercado. Muito mais do que apenas cortar custos ou melhorar a eficiência operacional através de treinamento, é necessário saber promover uma mudança no ritmo de trabalho da organização através da forma como a tecnologia é usada em seus processos.

Ao criar uma cultura da inovação dentro da empresa, é possível melhorar os processos e promover um crescimento profissional para os integrantes do time. Toda organização deve criar um ecossistema de inovação, que nada mais é do que um processo que pode ser repetido e escalado com o intuito de transformar ideias criativas em modelos de negócio rentáveis.

Neste artigo será explicado com detalhes o que é a cultura da inovação, quais são os seus principais benefícios para as empresas e como criar esse tipo de cultura dentro de uma organização.

O que é a cultura de inovação?

A cultura da inovação é, basicamente, a criação de um ambiente de trabalho que tem o intuito de nutrir o pensamento heterodoxo e suas aplicações. Empresas que adotam a cultura da inovação normalmente acreditam que a inovação não vem apenas da liderança, mas de qualquer pessoa dentro de uma organização.

A cultura da inovação é muito valorizada em empresas que competem em mercados que estão passando por mudanças rápidas. Neles, a manutenção do status quo é insuficiente para competir de forma efetiva e a cultura da inovação se torna essencial para alcançar o sucesso.

Ela requer avanços nos processos para promover descobertas, experimentação e o desenvolvimento de um maior portfólio de opções. Esses novos processos ajudam a diminuir a exposição a riscos e definem melhor as oportunidades e soluções. Quanto melhores as definições, menor a ambiguidade e incerteza.

A eficiência dos processos e melhoria na produtividade sempre será focada exclusivamente no negócio, por isso as empresas precisam dar mais atenção às oportunidades na hora de estabelecer uma cultura da inovação. Além das tradicionais especialidades funcionais, os líderes também devem promover uma orientação para o futuro e adicionar isso às competências do negócio.

Um dos maiores desafios da liderança é deixar de lado a visão de uma “gerente” e adotar a de um “líder”, levando os processos para novas águas. Mudar de um controle funcional de comportamento para um controle mais focado no econômico, é certamente um dos maiores desafios na hora de criar uma cultura da inovação.

Quais são seus benefícios?

A presença cada vez mais forte da cultura da inovação no meio empresarial se dá graças aos seus benefícios. Veja alguns deles a seguir:

Benefícios para o cliente

Um dos maiores benefícios da cultura da inovação é o aumento do nível de satisfação dos clientes.

Um dos maiores beneficiados pela implementação da cultura da inovação na sua empresa é o cliente. Ideias inovadoras sendo executadas da forma correta permitirão melhorar os seus produtos e serviços, deixando os atuais clientes satisfeitos. De quebra, ainda trará novos clientes para a empresa.

Além disso, uma empresa inovadora cria um ambiente competitivo e de inovação que promove mudanças em toda a indústria. Essas mudanças incentivam a criação de produtos e serviços melhores e enriquecem a experiência do cliente.

Positividade e engajamento entre os membros do time

O ambiente de uma empresa reflete diretamente nos seus resultados. E a cultura da inovação permite a criação de um ambiente onde todos trabalham mais motivados e ainda aprendem mais.

Um ambiente que incentiva a liberdade faz com que as pessoas sejam mais propensas a pensar fora da caixa, gerando grandes ideias, além de fazer com que todo o time se sinta muito mais motivado e valorizado.

Proatividade

Em um ambiente onde há mais liberdade, há também mais proatividade. Ao se envolver com a causa da empresa, os colaboradores também passarão a tomar ações para evitar problemas assim que os identificarem. Além disso, sempre que tomarem uma decisão, eles estarão dispostos a assumir as reponsabilidades advindas desta decisão.

Maior interesse e permanência dos colaboradores

Em um ambiente inovador, os colaboradores se sentem parte de cada vitória da empresa.

A cultura da inovação é uma das principais formas de aumentar a satisfação no trabalho e promover uma maior permanência dos colaboradores. As pessoas gostam de trabalhar em locais em que se sentem parte do negócio como um todo, e não apenas um funcionário cumprindo a sua obrigação.

Além disso, funcionários felizes também oferecem um melhor serviço para os clientes.

Uso efetivo de recursos

Através da cultura da inovação uma organização poderá gerenciar e utilizar os seus recursos de forma muito mais efetiva, evitando gastos desnecessários e atrasos no cronograma. Mesmo se houver um problema, com todos mais engajados ficará muito mais fácil resolver.

Como criar uma cultura de inovação?

Criar uma cultura da inovação dentro da empresa não é uma tarefa simples, mas é algo que pode ser feito com bastante persistência e dedicação. Veja a seguir algumas formas de promover uma cultura da inovação na sua empresa.

Crie um ambiente de colaboração

Em ambientes colaborativos as ideias fluem de forma muito melhor.

A inovação exige colaboração, seja entre as pessoas dentro da empresa, suas sedes e parceiros externos. Encontrar os melhores recursos dentro e fora de uma organização e combiná-los é uma característica marcante de uma inovação bem-sucedida.

Internamente, para encontrar as melhores soluções, é preciso aproveitar toda a gama de conhecimentos na organização. Isso requer o uso recursos de toda a empresa, porém a tarefa fica muito mais difícil quando as pessoas estão trabalhando separadamente, em vez de colaborar entre si

A colaboração externa é igualmente importante. Entre os parceiros sempre há pessoas talentosas que podem agregar valor à parceria. Quem souber aproveitar esses talentos certamente terá uma vantagem competitiva significativa sobre aqueles que não sabem. As melhores soluções vêm do trabalho com os clientes para criar um produto inovador.

Incentive o aprendizado

Quanto mais conhecimento as pessoas tiverem, mais ideias inovadoras conseguirão elaborar. Sempre incentive o aprendizado na equipe, seja oferecendo palestras ou cursos na empresa ou premiando aqueles que buscam aprender mais por conta própria.

Isso é algo que nunca pode ser forçado, mas oferecendo os mesmos incentivos para todos é possível que os colaboradores se sintam mais inclinados a aprender mais.

Busque pessoas com visões diferentes

Quanto mais perfis diferentes a sua empresa tiver, mais variedade de ideias e soluções terá.

Em um ambiente colaborativo, é muito proveitoso quando há pessoas com visões diferentes. Dessa forma é possível encontrar várias soluções para o problema. Pode acontecer também de alguém enxergar um problema que os outros não haviam visto.

Meça e motive seus intraempreendedores

Os intraempreendedores são pessoas de organizações de grande porte que combinam uma mentalidade empreendedora com a capacidade de alavancar os ativos da empresa, como canais, marcas e conhecimento do mercado. Para permitir que os intraempreendedores tenham sucesso, você precisará avaliar e reconhecer seus esforços inovadores. Existem três métricas que desempenham papéis especiais para isso.

As primeiras são indicadores antecedentes, como o percentual de funcionários treinados em processos de inovação e o tamanho e a força do ecossistema colaborativo interno.

O segundo tipo de métrica mede o processo. Quantas ideias significativas estão em seu pipeline? O seu portfólio é equilibrado e robusto? As ideias estão sendo comercializadas em um ritmo acelerado?

Finalmente, há indicadores atrasados, que são os que a maioria das pessoas pensam primeiro. Essas métricas concentram-se nas receitas de novos produtos, no impacto no lucro e no efeito da inovação na marca.

Métricas promovem a motivação

Uma das melhores recompensas para os inovadores é o reconhecimento. Bônus são ótimos, mas são algo privado, ou seja, ninguém na organização vê o pagamento. No entanto, quando você promove alguém com base em sua contribuição e colaboração em inovações de sucesso, os colegas de trabalho tomam nota. Ademais, isso sinaliza o comprometimento da administração com as pessoas que demonstram um comportamento verdadeiramente inovador.

Priorize a agilidade

A inovação acontece melhor quando o time tem pessoas ágeis. Isso não significa desenvolver de produtos sem nenhum cuidado. A inovação exige uma combinação de coleta de dados em tempo real e decisões inteligentes sobre se investir mais agora ou mudar de curso.

As startups bem-sucedidas parecem saber disso intuitivamente, e essa agilidade muitas vezes ajuda a sair na frente de empresas estabelecidas que têm muito mais recursos. Para grandes organizações, é importante desenvolver métodos semelhantes para identificar e selecionar rapidamente ideias e depois comercializá-las por meio de protótipos.

Agora você sabe como a cultura da inovação é importante e pode ajudar a sua empresa a se manter competitiva no mercado. Gostou deste artigo? Curta e compartilhe com os amigos nas redes sociais! Obrigado pela leitura e até a próxima!

Compartilhar

Comments are closed.

Bitnami